Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2007

Mangueira

O mundo mudou.

 

tags:
publicado por Carlos Carvalho às 03:19
link do post | comentar | favorito
Domingo, 28 de Janeiro de 2007

Trindade

Ilha da Trindade, onde nasce o sol no Brasil.

Imagens retiradas daqui e daqui.

 

A mais de mil quilómetros da costa brasileira (e a mais de dois mil quilómetros de África), esta bem que pode ser considerada uma terra no fim do mundo.

 

publicado por Carlos Carvalho às 22:59
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 31 de Outubro de 2006

Lula

Contra as expectativas de muitos, Lula não ganhou a primeira volta das eleições presidenciais com maioria absoluta. Para tal terá contribuído a revelação na véspera de mais um caso de corrupção, bem como a indisponibilidade de Lula para participar em debates para apresentar a sua defesa, o que foi interpretado por muitos como sobranceria e/ou como medo.

 

Lula teve medo de Alckmin? Em minha opinião, Lula teve medo, mas de Heloísa Helena. Esta candidata, ex-PT, seria um osso duro de roer em debate, podendo causar mais danos a Lula do que a sua ausência.

 

Como era previsível, Lula ganhou a segunda volta das eleições presidenciais. Ganhou porque corrigiu a rota, e, uma vez afastada Heloísa Helena, não hesitou em debater com o candidato restante. Ganhou porque Alckmin passa mal na televisão. Ganhou porque ganhou os debates (para Lula, tudo o que não fosse uma derrota seria uma vitória). Mas ganhou sobretudo porque, ao fim de quatro anos de governo Lula, o Brasil está melhor.

 

Mais uma vez se constata: It’s the economy, stupid!

 

tags:
publicado por Carlos Carvalho às 01:36
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 30 de Outubro de 2006

País pobre?

Candidatos gastam mais que nos EUA

 

tags:
publicado por Carlos Carvalho às 00:39
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 4 de Outubro de 2006

Brasil bicolor

Imagem retirada daqui.

tags:
publicado por Carlos Carvalho às 04:21
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 3 de Outubro de 2006

Les beaux esprits…

Eleito senador, Fernando Collor dará apoio a Lula no segundo turno.

 

tags:
publicado por Carlos Carvalho às 05:09
link do post | comentar | favorito

Música para Lula

Quando vem rompendo o dia 

Eu me levanto começo logo a cantar

Esta doce melodia que me faz lembrar

Daquelas lindas noites de luar 

Eu tinha um alguém sempre a me esperar

Desde o dia em que ela foi embora

Eu guardo esta canção na memória

 

Eu tinha a esperança que um dia

Ela voltasse para minha companhia 

Deus deu resignação

Ao meu pobre coração

Não suporto mais tua ausência

Já pedi a Deus paciência

 

“Esta Melodia” - Marisa Monte (Bubú da Portela/Jamelão)

tags:
publicado por Carlos Carvalho às 03:49
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 2 de Outubro de 2006

Escândalos e regressos

Este foi, para mim, o resultado mais surpreendente das eleições brasileiras. Catorze anos depois, ele está de volta (agora como senador). Mais uma prova de que, em política, não há mortes definitivas. E de que o tempo lava mais branco…

 

tags:
publicado por Carlos Carvalho às 04:44
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Maio de 2006

Crime ou terrorismo?

O que se está a passar em São Paulo é preocupante, mas não inédito. Talvez só a escala dos acontecimentos traga alguma novidade. Em São Paulo, como noutros estados brasileiros, há grupos organizados de criminosos que se julgam donos de um negócio e de um território, e que reagem mal sempre que o estado pretende entrar nos seus domínios.
 
Com o passar do tempo, as acções destes grupos deixaram de servir exclusivamente para praticar crimes. Muitas destas acções passaram a ter como objectivo submeter psicologicamente as autoridades e os cidadãos. Estes grupos queimam autocarros, abatem polícias e outros cidadãos, fecham estradas e mandam encerrar o comércio. A finalidade destas acções não é o roubo ou o tráfico de drogas. O que pretendem é espalhar o medo e o pânico. E demonstrar quem manda.
 
Estes grupos controlam de facto parcelas do território brasileiro, e condicionam outras áreas através do terror que inspiram na população. Os seus líderes acham-se acima de qualquer autoridade estatal ou federal. Mesmo quando presos, acham-se no direito de continuar a dirigir os seus “negócios”, e de ditar as regras que devem presidir ao seu encarceramento.
 
A verdade é que (pelo menos em parte) conseguem atingir os seus objectivos. Os seus exércitos são disciplinados e estão bem armados, pelo que não têm dificuldade em cumprir e fazer cumprir as ordens dos seus superiores. A população vive num estado de terror inimaginável para quem assiste de fora, mas já quase imperceptível para quem enfrenta quotidianamente esta realidade.
 
Estes grupos já não são meras organizações criminosas. Estes são já (há muito?) grupos terroristas. Utilizam a violência para desafiar a autoridade do estado, para dominar os seus territórios, para condicionar a vida das populações e para satisfazerem as suas reivindicações.
 
O que mais falta para que se comecem a chamar os bois pelos nomes?
 
publicado por Carlos Carvalho às 02:14
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 20 de Abril de 2006

Engolindo sapos

 
Para muita gente, até ontem o nome de Fernando Henrique Cardoso não era envolvido diretamente nas denúncias de corrupção, mas depois da operação para o arquivamento da CPI da Corrupção o presidente deve ser cobrado pelas denúncias de desvio de dinheiro público. Essa é a avaliação de Luiz Inácio Lula da Silva, presidente de honra do PT.
 
“Fernando Henrique chamou para si a operação", afirmou Lula hoje à tarde, durante o lançamento da campanha aticorrupção criada pelo partido. "A única chance de ele provar que é inocente é autorizar uma investigação completa, mas não uma investigação feita pela mulher [a corregedora Anadyr Rodrigues] que ele indicou."
 
Para Lula, "uma CPI bem feita chegaria ao Palácio do Planalto". Isso explicaria o empenho de FHC em não ver instalada a comissão de inquérito.
 
Na opinião do líder petista, o atual presidente não lembra em nada o Fernando Henrique com quem dividiu o palanque para defender as eleições diretas ou a cassação de Fernando Collor. "Parece que ele teve um apagão de memória", disse Lula, fazendo uma piada com a atual crise energética.
 
GIULIANO GUANDALINI - Folha Online – 2001-05-11
 
tags:
publicado por Carlos Carvalho às 00:46
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 7 de Abril de 2006

Choque brasileiro

tags: ,
publicado por Carlos Carvalho às 23:02
link do post | comentar | favorito

.autor

. Carlos Carvalho

. cesaredama@sapo.pt

.pesquisar

.artigos recentes

. Mangueira

. Trindade

. Lula

. País pobre?

. Brasil bicolor

. Les beaux esprits…

. Música para Lula

. Escândalos e regressos

. Crime ou terrorismo?

. Engolindo sapos

. Choque brasileiro

.arquivo

.sugestões

.sugestões

blogs SAPO

.subscrever feeds