Quarta-feira, 15 de Fevereiro de 2006

Prostituição legal?

'If you don't take a job as a prostitute, we can stop your benefits'

A notícia já tem uns dias, mas levanta algumas questões pertinentes sobre a legalização da prostituição.

Caso a prostituição venha a ser legalizada, tornando-se apenas mais uma profissão, poderá um Centro de Emprego propor esta actividade a uma desempregada que nunca tenha trabalhado neste sector?

Caso esta desempregada recuse sistematicamente estas ofertas de emprego, poder-lhe-á ser cortado o subsídio de desemprego?

publicado por Carlos Carvalho às 01:56
link | comentar | favorito
2 comentários:
De Maia a 17 de Setembro de 2006
Obviamente que sim.
E as escolas secundárias deviam, nos seus Cursos Profissionais, disponibilizarem também curriculos, materiais pedagógicos e apoios acrescidos para os alunos e alunas que queiram seguir esta carreira.
Mais tarde, devia mesmo estender-se à universidades a necessidade de preparar jovens com vocação para esta carreira, de forma a não perdermos o comboio europeu.
De Claudia a 14 de Julho de 2008
A tua ironia mata-me!

Comentar post

.autor

. Carlos Carvalho

. cesaredama@sapo.pt

.pesquisar

.artigos recentes

. Elites à rasca?

. Versões de Portas

. A maior de sempre?

. Fama

. Passos

. Escalões

. Obrigadinho

. Não entendo

. Coincidências

. O aleijadinho de Alijó

. Humor negro

. Calendário

. Manuais escolares em .pdf

. Guerra ao imposto

. Cuidado com os ciclistas ...

.arquivo

.sugestões

.sugestões

blogs SAPO

.subscrever feeds