Terça-feira, 15 de Fevereiro de 2005

Estado laico e democrático

Foi declarado um dia de luto nacional pela morte de uma figura religiosa. Será este acto uma violação da laicidade do estado? Penso que não.

Há dois tipos de luto nacional: aquele em que os cidadãos são convidados a partilhar o luto do estado, e aquele em que o estado se decide associar ao luto sentido por parte relevante dos seus cidadãos.

Portugal é um estado laico e democrático. Por ser laico, não deve ter religião oficial. Por ser democrático, deve respeitar as legítimas opções religiosas dos cidadãos. Ser laico não implica ser insensível ao fenómeno religioso, tal como não ter religião não implica desdenhar de quem a tem.

publicado por Carlos Carvalho às 23:08
link | comentar | favorito

.autor

. Carlos Carvalho

. cesaredama@sapo.pt

.pesquisar

.artigos recentes

. Elites à rasca?

. Versões de Portas

. A maior de sempre?

. Fama

. Passos

. Escalões

. Obrigadinho

. Não entendo

. Coincidências

. O aleijadinho de Alijó

. Humor negro

. Calendário

. Manuais escolares em .pdf

. Guerra ao imposto

. Cuidado com os ciclistas ...

.arquivo

.sugestões

.sugestões

blogs SAPO

.subscrever feeds