Domingo, 13 de Março de 2005

Zero Dollar Babies

1. A candidatura de José Sócrates conseguiu eleger 204 membros para a Comissão Nacional do PS - num total de 250 elementos - dos quais 61 são mulheres, número que fica aquém da quota de um terço prevista pelos estatutos do PS. (Público, 3.OUT.2004)

2. O líder socialista acha que [a inclusão em lugar não elegível da presidente do Departamento Nacional das Mulheres Socialistas (DNMS)] foi uma "boa solução", que "respeita a vontade da federação" e "um bom sinal" para a presidente do DNMS. (RR, 6.JAN.2005)

3. O governo de Sócrates tem duas mulheres em 16 ministérios (12,5%).

4. Depois da escolha de apenas duas ministras para o elenco de 16 governantes, o primeiro-ministro indigitado deu ele próprio a indicação de que a escolha dos secretários de Estado desse maior espaço às mulheres, até para respeitar a quota feminina que serviu de bandeira na eleição de Sócrates a líder do PS. (TSF, 9.MAR.2005)

5. O governo de Sócrates tem quatro mulheres em 35 secretarias de Estado (11,4%), no total de seis mulheres em 53 membros do governo (11,3%).

6. José Sócrates considera que não existem no PS mulheres com suficiente protagonismo político e técnico para integrarem um elenco governamental. Sócrates afirmou que as mulheres "não sabiam a dificuldade que é formar um governo". Isto mesmo foi dito por Sócrates a alguns dos elementos do DNMS. (Público, 12.MAR.2005)

Será esta a diferença entre promessas e objectivos?

 

tags:
publicado por Carlos Carvalho às 23:40
link | comentar | favorito

.autor

. Carlos Carvalho

. cesaredama@sapo.pt

.pesquisar

.artigos recentes

. Elites à rasca?

. Versões de Portas

. A maior de sempre?

. Fama

. Passos

. Escalões

. Obrigadinho

. Não entendo

. Coincidências

. O aleijadinho de Alijó

. Humor negro

. Calendário

. Manuais escolares em .pdf

. Guerra ao imposto

. Cuidado com os ciclistas ...

.arquivo

.sugestões

.sugestões

blogs SAPO

.subscrever feeds