Segunda-feira, 24 de Outubro de 2005

Verdades e Orçamentos

"Este é um Orçamento de verdade e com consciência social."
Campos e Cunha (ministro das Finanças), 2005-07-06

"Este é um Orçamento com crédito e não desacreditado."
Bagão Félix (ministro das Finanças), 2004-11-17

"[A proposta de lei de Orçamento do Estado] trata-se de uma proposta rigorosa e transparente, que nos permite retomar o caminho certo, longe dos atalhos por onde andámos perdidos no passado recente."
Manuela Ferreira Leite (ministra das Finanças), 2002-10-23

"O Orçamento consagra uma política financeira assente numa leitura muito rigorosa, com previsões cautelosas e realistas, e virada para um futuro de consolidação do Pacto de Estabilidade e Crescimento."
Guilherme d'Oliveira Martins (ministro das Finanças), 2001-11-09

"A aprovação do Orçamento do Estado, que exprime, com todo o rigor e fidelidade, todos os compromissos eleitorais com os quais o PS obteve 44% dos votos dos portugueses e 115 Deputados, é um acto de respeito por essa vontade livre do eleitorado, manifestada apenas há 4 meses e 8 dias. E ainda bem que o Orçamento do Estado vai ser aprovado, porque este é um bom Orçamento do Estado!"
Pina Moura (ministro das Finanças), 2000-02-18

"É um Orçamento de verdade, pois não fizemos aqui, diferentemente do que aconteceu em outros países, contabilidade criativa."
Sousa Franco (ministro das Finanças), 1996-11-13

publicado por Carlos Carvalho às 01:55
link | comentar | favorito

.autor

. Carlos Carvalho

. cesaredama@sapo.pt

.pesquisar

.artigos recentes

. Elites à rasca?

. Versões de Portas

. A maior de sempre?

. Fama

. Passos

. Escalões

. Obrigadinho

. Não entendo

. Coincidências

. O aleijadinho de Alijó

. Humor negro

. Calendário

. Manuais escolares em .pdf

. Guerra ao imposto

. Cuidado com os ciclistas ...

.arquivo

.sugestões

.sugestões

blogs SAPO

.subscrever feeds