Sábado, 19 de Novembro de 2005

A + C = S

Considerando:
A - o ano em que estamos
C - o número de anos necessários para a construção do novo aeroporto
S - ano em que o aeroporto da Portela estará saturado

Concluímos que:

A + C = S

Da análise do que tem sido discutido ao longo dos anos, conclui-se que, apesar dos estudos serem os mesmos, a data da saturação da Portela tem vindo a ser sucessivamente adiada.

Em 1998, baseado em dezenas de estudos, o governo jurou por todos os santos que a Portela estaria irremediavelmente saturada em 2006 ou 2007:

A (1998) + C (8 anos) = S (2006)

Já em 2000, e citando os mesmos estudos, o governo garantia por sua honra que a Portela estaria a rebentar pelas costuras entre 2008 e 2010:

A (2000) + C (8 a 10 anos) = S (2008 a 2010)

Em 2005, e tendo os mesmos estudos em mente, o governo anuncia agora que a Portela atingirá o seu limite máximo em 2015:

A (2005) + C (10 anos) = S (2015)

Ou seja, a saturação da Portela têm sido anunciada para uma data suficientemente próxima para justificar a urgência da tomada de decisão, mas suficientemente distante para que se conclua a construção do novo aeroporto.

É a isto que se chama decidir com base em estudos sérios e rigorosos...

Já agora: será que uma empresa chamada Novo Aeroporto, S. A. poderia alguma vez pronunciar-se pela manutenção do aeroporto antigo?

tags:
publicado por Carlos Carvalho às 20:08
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Xpto a 29 de Maio de 2007 às 14:37
Está a esquecer um facto relevante: os cenários mais recentes, que apontam para 2015, já têm em conta as obras de alargamento da Portela (mais um terminal, mais slots de estacionamento para aviões, a utilização da placa de Figo Maduro...). Entretanto, e apesar do 11 de Setembro e subsequente crise na aviação comercial, os números de turistas crescem de forma sustentada. No entanto, o ideal seria a imutabilidade dos estudos (já agora, porque não?, o governo poderia manter como válidos os estudos anteriores à construção da Portela...).
De Carlos Carvalho a 29 de Maio de 2007 às 17:36
Não, não me estou a esquecer de nada. Se for consultar as declarações da altura, verá que os prazos apresentados consideravam já todos os alargamentos possíveis e imaginários ao aeroporto da Portela.

Comentar post

.autor

. Carlos Carvalho

. cesaredama@sapo.pt

.pesquisar

.artigos recentes

. Elites à rasca?

. Versões de Portas

. A maior de sempre?

. Fama

. Passos

. Escalões

. Obrigadinho

. Não entendo

. Coincidências

. O aleijadinho de Alijó

. Humor negro

. Calendário

. Manuais escolares em .pdf

. Guerra ao imposto

. Cuidado com os ciclistas ...

.arquivo

.sugestões

blogs SAPO

.subscrever feeds