Terça-feira, 3 de Janeiro de 2006

Globalização alentejana

Os debates em torno da globalização fazem-me lembrar aquela velha anedota do comunista que, logo após o 25 de Abril, tentava doutrinar um compadre alentejano mais casmurro:

- Explique lá melhor o que é isso do comunismo!
- Olhe compadre, por exemplo, o seu vizinho tem duas vacas e você não tem nenhuma. Com o comunismo, cada um passará a ter uma vaca...
- Parece-me bem...
- Outro exemplo: você tem dez cabras e o seu vizinho não tem nenhuma. Com o comunismo, passarão a ter cinco cabras cada um. Percebeu agora?
- Lá perceber, percebi. Olhe, eu até sou a favor do comunismo nas vacas. Agora nas cabras, deixe-se lá disso, homem!

publicado por Carlos Carvalho às 02:24
link do post | comentar | favorito
|

.autor

. Carlos Carvalho

. cesaredama@sapo.pt

.pesquisar

.artigos recentes

. Elites à rasca?

. Versões de Portas

. A maior de sempre?

. Fama

. Passos

. Escalões

. Obrigadinho

. Não entendo

. Coincidências

. O aleijadinho de Alijó

. Humor negro

. Calendário

. Manuais escolares em .pdf

. Guerra ao imposto

. Cuidado com os ciclistas ...

.arquivo

.sugestões

blogs SAPO

.subscrever feeds