Quinta-feira, 12 de Janeiro de 2006

Aeroporto. Século XVIII

mafra.jpg

O Palácio e Convento de Mafra, construído no século XVIII, pode ser considerado o primeiro aeroporto do país. Senão vejamos:

  • Foi construído por vontade do soberano;
  • Decorreu pouco mais de uma década entre o início das obras e a sua consagração;
  • Empregou mais de 50.000 trabalhadores;
  • Foi financiado com dinheiro vindo de fora;
  • O dinheiro foi parar quase todo lá fora;
  • Recorreu-se quase exclusivamente a know-how estrangeiro, do qual quase nenhum ficou em Portugal;
  • Foi um desperdício de dinheiro que em nada contribuiu para melhorar a vida do país;
  • É hoje um dos mais emblemáticos elefantes brancos existentes em Portugal.

Como se pode constatar, as semelhanças com o aeroporto da Ota são mais do que muitas.

Talvez Mafra não tenha sido o nosso primeiro aeroporto.
Mas certamente que a Ota será o nosso mais recente palácio.

NOTA: Fotografia retirada daqui.

tags:
publicado por Carlos Carvalho às 20:36
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 6 de Novembro de 2009 às 19:36
É engraçada a comparação pois eu criei a expressão de que "A Ota é o Convento de Mafra do Engº Sócrates", já que, pelos dados que conheço, ele custou 13% do ouro do Brasil, não foi um investimento produtivo e foi gigantesco para o país e o local.

Boa

Comentar post

.autor

. Carlos Carvalho

. cesaredama@sapo.pt

.pesquisar

.artigos recentes

. Elites à rasca?

. Versões de Portas

. A maior de sempre?

. Fama

. Passos

. Escalões

. Obrigadinho

. Não entendo

. Coincidências

. O aleijadinho de Alijó

. Humor negro

. Calendário

. Manuais escolares em .pdf

. Guerra ao imposto

. Cuidado com os ciclistas ...

.arquivo

.sugestões

.sugestões

blogs SAPO

.subscrever feeds