Sexta-feira, 13 de Janeiro de 2006

Dupont & Dupont

Ouvi ontem na rádio os tempos de antena de Manuel Alegre e de Mário Soares. Verifiquei que a única coisa que os distinguia era o nome dos candidatos.

Ambos presenteavam o ouvinte com um hino de campanha foleiro, ambos recorriam ao testemunho de actores e desportistas, ambos anunciavam as próximas actividades de campanha, ambos apontavam a promoção da igualdade como principal objectivo, ambos repudiavam o fosso crescente entre ricos e pobres.

Nada distinguia estes dois tempos de antena. Nem a estrutura nem a mensagem.

Quanto à estrutura, ambos recorreram a um modelo de tempo de antena já demasiadamente batido para poder ter alguma eficácia. Sinal de que os candidatos provêm da mesma velha escola, ou então de que simplesmente não estão dispostos a despender dinheiro em coisas tão comezinhas como uma campanha de rádio.

Quanto à mensagem, ambos recorreram aos mesmos argumentos e aos mesmos apelos. Sinal de que os candidatos provêm da mesma família, ou então de que simplesmente não estão dispostos a despender neurónios em coisas tão comezinhas como uma campanha presidencial.

Nota: Só ouvi estes dois tempos de antena, pelo que não sei se há mais Duponts por aí.

publicado por Carlos Carvalho às 01:18
link do post | comentar | favorito
|

.autor

. Carlos Carvalho

. cesaredama@sapo.pt

.pesquisar

.artigos recentes

. Elites à rasca?

. Versões de Portas

. A maior de sempre?

. Fama

. Passos

. Escalões

. Obrigadinho

. Não entendo

. Coincidências

. O aleijadinho de Alijó

. Humor negro

. Calendário

. Manuais escolares em .pdf

. Guerra ao imposto

. Cuidado com os ciclistas ...

.arquivo

.sugestões

blogs SAPO

.subscrever feeds