Sexta-feira, 27 de Janeiro de 2006

O ónus da paz

Porque é que Arafat nunca fez a paz com Israel? Porque não podia e porque não queria. Não podia porque para fazer a paz é preciso controlar as tropas - por muito carismática que fosse a sua liderança, Arafat não controlava verdadeiramente todas as facções palestinianas. Não queria porque tal significaria trazer para a ribalta questões domésticas que a "guerra" mantinha na penumbra - e que lhe poderiam custar a liderança.

O seu desaparecimento levou a um maior entendimento entre palestinianos e israelitas, mas levou também a que o seu partido fosse derrotado. Sem um líder carismático, e com um papão menos assustador, o Fatah viu expostas a sua corrupção e a sua má governação. Nada mais natural, perdeu as eleições.

É agora a vez do Hamas governar os destinos da Palestina. O problema é que este movimento, mais radical, não goza da popularidade internacional do partido de Arafat. Esta vitória não deixará de originar mixed feelings em muito boa gente que, embora apoie incondicionalmente a causa palestiniana, se opõe firmemente ao terrorismo - sobretudo quando promovido pelo estado.

Não é claro qual o caminho que o Hamas irá seguir. Mas parece-me haver apenas duas alternativas.

A primeira é imitar Sharon (e a OLP) na sua trajectória do extremismo para a moderação. Sharon, que fez a guerra, tornou-se no principal advogado da paz. Será o Hamas capaz de fazer o mesmo?

A segunda é pegar nas suas doutrinas mais radicais e torná-las política de estado. Se assim fizer, o Hamas será apontado como o principal responsável pela instabilidade no Médio Oriente, correndo mesmo o risco de ver a Palestina tratada como um estado pária - e de ver a simpatia internacional transferir-se em massa para o lado israelita.

A partir destas eleições, o ónus da paz passou para o lado dos palestinianos.

publicado por Carlos Carvalho às 01:28
link do post | comentar | favorito
|

.autor

. Carlos Carvalho

. cesaredama@sapo.pt

.pesquisar

.artigos recentes

. Elites à rasca?

. Versões de Portas

. A maior de sempre?

. Fama

. Passos

. Escalões

. Obrigadinho

. Não entendo

. Coincidências

. O aleijadinho de Alijó

. Humor negro

. Calendário

. Manuais escolares em .pdf

. Guerra ao imposto

. Cuidado com os ciclistas ...

.arquivo

.sugestões

blogs SAPO

.subscrever feeds