Segunda-feira, 6 de Junho de 2011

Votos inúteis

Votos inúteis? Ocorrem-nos imediatamente os votos em branco e nulos (223 mil votos nestas eleições), mas há outros.

 

Há os cerca de 505 mil votos que foram directamente para o lixo, ou seja, que não serviram para eleger qualquer deputado

 

Há ainda os votos que, não indo directamente para o lixo, vão lá parar numa segunda fase: são os votos acima do necessário para obter um determinado mandato (e que ainda não calculei).

 

Os votos que não elegeram qualquer deputado representaram cerca de 10% dos votos validamente expressos. Somados aos votos em branco e nulos, representam mais de 13% das pessoas que foram votar. E ainda haveria que lhes adicionar os votos supérfluos para a eleição de um determinado deputado.

 

É muito voto. É muito desperdício. Algo terá de mudar no nosso sistema eleitoral.

publicado por Carlos Carvalho às 03:19
link do post | comentar | favorito
|

.autor

. Carlos Carvalho

. cesaredama@sapo.pt

.pesquisar

.artigos recentes

. Elites à rasca?

. Versões de Portas

. A maior de sempre?

. Fama

. Passos

. Escalões

. Obrigadinho

. Não entendo

. Coincidências

. O aleijadinho de Alijó

. Humor negro

. Calendário

. Manuais escolares em .pdf

. Guerra ao imposto

. Cuidado com os ciclistas ...

.arquivo

.sugestões

.sugestões

blogs SAPO

.subscrever feeds