Domingo, 15 de Maio de 2011

Floresta irrigada

Bom artigo de Helena Matos.

 

Colocaria a ênfase contudo no aspecto económico. Porque não se rega a floresta? Porque não paga o investimento. Tão simples quanto isso. Se o pagasse, toda a floresta seria irrigada.

 

Ganha-se menos com a floresta do que com a generalidade das culturas agrícolas – sobretudo as de regadio. Daí estas últimas verem-lhes destinados os melhores solos, ficando as florestas com os solos menos aptos (ou mesmo sem qualquer aptidão) para a agricultura.

 

Instalar culturas florestais em zonas de regadio poderia parecer uma daquelas ideias extravagantes oriundas de um qualquer país do médio oriente encharcado em petrodólares. Em Portugal, esta ideia é uma loucura e uma idiotice.

 

Ou então alguém andou a instalar regadios (ou seja, a gastar dinheiro) em zonas onde estes manifestamente não se justificavam, e pretende agora utilizar a floresta para mascarar a sua incompetência.

publicado por Carlos Carvalho às 21:33
link do post | comentar | favorito
|

.autor

. Carlos Carvalho

. cesaredama@sapo.pt

.pesquisar

.artigos recentes

. Elites à rasca?

. Versões de Portas

. A maior de sempre?

. Fama

. Passos

. Escalões

. Obrigadinho

. Não entendo

. Coincidências

. O aleijadinho de Alijó

. Humor negro

. Calendário

. Manuais escolares em .pdf

. Guerra ao imposto

. Cuidado com os ciclistas ...

.arquivo

.sugestões

.sugestões

blogs SAPO

.subscrever feeds