Terça-feira, 10 de Maio de 2011

Inimigos íntimos

Passos Coelho sugeriu que pretende juntar o ministério da Agricultura ao do Ordenamento do Território. Ou seja, pretende fundir os ministérios da Agricultura e do Ambiente.

 

Passo em falso, como rapidamente verificará. Saco de gatos, nome informal deste novo ministério.

 

O ministério do Ambiente – tal como muitas das pessoas oriundas dessa área – olha para o grosso da Agricultura como um inimigo, como uma actividade poluente e perturbadora da Natureza, que deve ser controlada e limitada tanto quanto possível.

 

Não é por acaso que a Agricultura foi votada ao abandono durante os governos de Sócrates – oriundo, como se sabe, do Ambiente.

 

Sócrates arranjou dinheiro para as ventoinhas gigantes. Sócrates arranjou dinheiro para os painéis solares. Sócrates arranjou dinheiro para o TGV. Sócrates deixou perder fundos comunitários por não ter querido arranjar dinheiro para a Agricultura.

 

Talvez o novo ministério venha a ser controlado pela Agricultura. Rebelião à vista no Ambiente.

 

Talvez o novo ministério venha a ser controlado pelo Ambiente. Ainda maior desprezo governativo para a actividade agrícola.

 

Talvez o novo ministério não seja controlado por nenhum dos ministérios anteriores. Inimigos íntimos forçados a compartilhar o leito.

 

Má ideia, Passos Coelho. Má ideia.

publicado por Carlos Carvalho às 01:50
link do post | comentar | favorito
|

.autor

. Carlos Carvalho

. cesaredama@sapo.pt

.pesquisar

.artigos recentes

. Elites à rasca?

. Versões de Portas

. A maior de sempre?

. Fama

. Passos

. Escalões

. Obrigadinho

. Não entendo

. Coincidências

. O aleijadinho de Alijó

. Humor negro

. Calendário

. Manuais escolares em .pdf

. Guerra ao imposto

. Cuidado com os ciclistas ...

.arquivo

.sugestões

blogs SAPO

.subscrever feeds