Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2007

Argumentos economicistas

Maria José Morgado defendeu, num evento realizado na Assembleia da República, a legalização do aborto para diminuir a fuga ao Fisco. Os abortos, sendo legais, passarão a pagar impostos, o que permitirá ao Estado arrecadar mais uns euros.

 

Este argumento tem a importância que cada um lhe quiser atribuir. O que é inquestionável é que se trata de um argumento economicista. Muitos defensores do “sim” revoltaram-se, ainda há dias, contra a utilização de argumentos economicistas por parte de alguns adeptos do “não”. Em coerência, espera-se agora que tratem Maria José Morgado com a mesma elevação com que trataram então os seus opositores…

  

tags:
publicado por Carlos Carvalho às 22:27
link do post | comentar | favorito
|

.autor

. Carlos Carvalho

. cesaredama@sapo.pt

.pesquisar

.artigos recentes

. Elites à rasca?

. Versões de Portas

. A maior de sempre?

. Fama

. Passos

. Escalões

. Obrigadinho

. Não entendo

. Coincidências

. O aleijadinho de Alijó

. Humor negro

. Calendário

. Manuais escolares em .pdf

. Guerra ao imposto

. Cuidado com os ciclistas ...

.arquivo

.sugestões

blogs SAPO

.subscrever feeds