Quarta-feira, 13 de Setembro de 2006

De Mirandela a Valladolid

Este Verão chegaram-me duas notícias contraditórias sobre Trás-os-Montes.

 

Pelos media, fiquei a saber do encerramento da maternidade de Mirandela, o que, em conjunto a extinção de outros serviços no interior, acabará por obrigar as populações transmontanas a recorrer ao Porto e/ou ao litoral.

 

Por conhecidos, fiquei a saber que há um número crescente de emigrantes que, em vez do carro, opta por viajar de/para Portugal de avião, recorrendo a voos low cost e ao aeroporto de Valladolid (na imagem).

 

Estas duas notícias ilustram o que, em minha opinião, se está a passar com Trás-os-Montes (e com todo o interior). Esta região, ao ser abandonada pelo poder central, está a tornar-se num deserto de serviços. Onde obter então estes serviços? Obviamente, nas regiões contíguas mais desenvolvidas, em que a sua obtenção seja mais cómoda e mais barata.

 

Em Portugal, esses serviços podem ser obtidos sobretudo no Porto e/ou noutras cidades do litoral. Em Espanha, estes serviços podem ser obtidos numa série de cidades de média/grande dimensão, que não enjeitam conquistar mercado deste lado da fronteira para ajudar a viabilizar os seus investimentos em determinadas infra-estrururas.

 

Tomemos como exemplo concelhos como Miranda do Douro ou Vimioso. Chega-se tão depressa a Zamora como a Bragança. Chega-se mais depressa a Salamanca ou Valladolid do que ao Porto. Chega-se muito (mas mesmo muito) mais depressa a Madrid do que a Lisboa. Do ponto de vista de Portugal, estes concelhos estão no fim do mundo. Do ponto de vista ibérico, estes são concelhos que, apesar de portugueses, estão mais próximos de (e são mais bem servidos por) centros espanhóis.

 

Sempre que o poder central português corta serviços nestes concelhos, para que lado da fronteira é que acham que as populações se irão virar? (Uma pista: para o lado que tem melhores estradas, melhores infra-estruturas, menos IVA e combustíveis mais baratos. Adivinharam de que lado se trata?)

 

tags:
publicado por Carlos Carvalho às 00:08
link do post | comentar | favorito
|

.autor

. Carlos Carvalho

. cesaredama@sapo.pt

.pesquisar

.artigos recentes

. Elites à rasca?

. Versões de Portas

. A maior de sempre?

. Fama

. Passos

. Escalões

. Obrigadinho

. Não entendo

. Coincidências

. O aleijadinho de Alijó

. Humor negro

. Calendário

. Manuais escolares em .pdf

. Guerra ao imposto

. Cuidado com os ciclistas ...

.arquivo

.sugestões

blogs SAPO

.subscrever feeds