Sexta-feira, 5 de Maio de 2006

Regresso

Estou de volta, depois de uma semana (bem) passada na península do Iucatão. Prefiro esta designação à de Riviera Maia, mais adaptada a quem procura exclusivamente sol e praia, e que de bom grado ingressa nas “prisões de turistas” mais conhecidas como hotéis com tudo incluído.
 
Não há aqui nenhum tipo de ironia: eu fiquei num desses hotéis, cujo objectivo é fazer com que os hóspedes circulem entre a sua praia, as suas piscinas, os seus restaurantes e os seus bares, sem que sintam necessidade de sair do hotel para fazer seja o que for. Simplesmente, decidi não me cingir ao hotel, antes procurei explorar um pouco o que a região tem para oferecer.
 
Enquanto Riviera Maia, a experiência é mediana: o mar é deslumbrante, mas a maioria das praias é banal. Enquanto península do Iucatão, a experiência é única: as visitas a maravilhas naturais (recifes, cenotes) ou culturais (ruínas maias) fazem a diferença entre umas férias simpáticas e uma semana inesquecível.
 

 

publicado por Carlos Carvalho às 22:18
link do post | comentar | favorito
|

.autor

. Carlos Carvalho

. cesaredama@sapo.pt

.pesquisar

.artigos recentes

. Elites à rasca?

. Versões de Portas

. A maior de sempre?

. Fama

. Passos

. Escalões

. Obrigadinho

. Não entendo

. Coincidências

. O aleijadinho de Alijó

. Humor negro

. Calendário

. Manuais escolares em .pdf

. Guerra ao imposto

. Cuidado com os ciclistas ...

.arquivo

.sugestões

blogs SAPO

.subscrever feeds