Quinta-feira, 21 de Julho de 2005

Cansaço

Anda o governo a pregar o aumento da produtividade dos trabalhadores portugueses, e passado cinco meses demite-se o seu principal ministro alegando cansaço.

O timing do ministro não poderia ser melhor: ainda está a tempo de aproveitar a época balnear para descansar. Se a demissão tivesse ocorrido lá mais para o Outono, o ministro teria certamente mais dificuldades para ir a banhos.

Se seguirmos o exemplo do ex-ministro das Finanças, deixamos de compreender a contestação dos sindicatos à política laboral deste governo. Porque chegamos à conclusão de que aumentar a produtividade dos trabalhadores é pedir a reforma antecipada ao fim de cinco meses de trabalho!

Não me parece mal...

publicado por Carlos Carvalho às 01:28
link do post | comentar | favorito
|

.autor

. Carlos Carvalho

. cesaredama@sapo.pt

.pesquisar

.artigos recentes

. Elites à rasca?

. Versões de Portas

. A maior de sempre?

. Fama

. Passos

. Escalões

. Obrigadinho

. Não entendo

. Coincidências

. O aleijadinho de Alijó

. Humor negro

. Calendário

. Manuais escolares em .pdf

. Guerra ao imposto

. Cuidado com os ciclistas ...

.arquivo

.sugestões

.sugestões

blogs SAPO

.subscrever feeds