Quinta-feira, 20 de Outubro de 2005

Ónus da prova

2 ... Como pode um homem ter razão diante de Deus?
4 Qual o sábio ou forte que se Lhe opôs, e saiu ileso?
12 Se apanha uma presa, quem Lha tirará? Quem poderá dizer-Lhe: "Que fazes?"
13 Deus não reprime a sua própria ira, e debaixo d'Ele se curvam as legiões de Raab.
14 Muito menos Lhe poderei responder, ou escolher argumentos contra Ele.
15 Mesmo que eu tivesse razão, não receberia resposta, e teria que implorar misericórdia ao meu juiz.
16 Mesmo que eu O chamasse e Ele me respondesse, não creio que me desse atenção.
17 Pelo contrário: esmagar-me-ia no furacão, e sem motivo multiplicaria as minhas feridas.
19 Recorrer à força? Ele é o mais forte! Recorrer ao tribunal? Quem O convocará?
20 Mesmo que eu fosse inocente, a sua boca condenar-me-ia; mesmo que eu fosse inocente, Ele declarar-me-ia culpado.
21 Será que sou inocente? Já nem sei! Desprezo a vida.
22 Garanto-vos que é tudo a mesma coisa: Ele extermina tanto o inocente como o injusto.
27 Se penso: "Vou esquecer o meu sofrimento e ficar de rosto alegre",
28 fico com medo de toda a espécie de desgraça, pois eu sei que Ele não me absolverá.
29 E se sou culpado, para quê cansar-me à toa?
30 Ainda que eu me esfregasse com sabão, e lavasse as minhas mãos com soda,
31 Tu me atirarias à lama, e as minhas vestes teriam nojo de mim.
32 É que Deus não é um homem como eu, para que eu possa dizer-Lhe: "Vamos comparecer juntos no tribunal".

Livro de Job, capítulo 9

publicado por Carlos Carvalho às 02:21
link do post | comentar | favorito
|

.autor

. Carlos Carvalho

. cesaredama@sapo.pt

.pesquisar

.artigos recentes

. Elites à rasca?

. Versões de Portas

. A maior de sempre?

. Fama

. Passos

. Escalões

. Obrigadinho

. Não entendo

. Coincidências

. O aleijadinho de Alijó

. Humor negro

. Calendário

. Manuais escolares em .pdf

. Guerra ao imposto

. Cuidado com os ciclistas ...

.arquivo

.sugestões

.sugestões

blogs SAPO

.subscrever feeds